(31) 3222 7587 . 3347 4007 . 3245 2122 Rua Padre Rolim, 815 Sala 107
Santa Efigênia . Belo Horizonte . MG

Dicas

O que usar: calor ou gelo?

Frequentemente o calor e o gelo são usados para tratar a lombalgia. Ambos são de aplicação simples podendo ser usados em casa ou na clínica de fisioterapia.

Usualmente recomenda-se o gelo para lesões agudas e o calor para aquelas de longo prazo. O calor superficial é transportado por condução e seu efeito de elevação da temperatura tecidual é mais intenso a 0,5 cm de profundidade da pele. Pode ser aplicado através de bolsas de água quente, pedras, bolsas de areia, de linhaça, toalhas quentes, banhos, saunas, vapor, mantas e almofadas aquecidas elétricas ou não e infra-vermelho.

O calor profundo é obtido através da conversão de outra forma de energia em calor, como, por exemplo, a diatermia por ondas-curtas, microondas e ultra-som. A terapia através do gelo ou crioterapia é usada para reduzir a inflamação, a dor e o edema. A crioterapia superficial pode ser realizada através de bolsas de gelo, bolsas de gel, toalhas geladas e massagens com gelo.

Há controvérsias quanto ao uso do gelo ou calor para tratamento da lombalgia. A opinião comum é que a aplicação de um ou outro promove alívio temporário dos sintomas.
Foi realizado um estudo em indivíduos maiores de 18 anos com queixa de lombalgia inespecífica com o objetivo de determinar a eficácia do uso do gelo e do calor superficial no tratamento da mesma. Houve evidência moderada que o uso contínuo de bolsa de água quente reduz a dor e a incapacidade a curto prazo em pacientes com lombalgia aguda e sub-aguda (mais de 3 meses) e que a complementação com exercícios tornou seu uso ainda mais efetivo. Nenhuma conclusão foi tirada a respeito do uso do gelo.
Para o Texas Back Institute a resposta é: ambos. De acordo com este órgão, logo após a lesão e nas 48 hs seguintes o gelo é melhor pois ajuda a reduzir a resposta inflamatória à lesão. Passado este período o calor geralmente é recomendado, mas leva-se em consideração o que for mais confortável para o paciente. O calor permite a dilatação dos vasos sanguíneos em torno da área lesada fornecendo oxigênio extra e os nutrientes necessários para a rápida recuperação.

Na prática, como proceder ao usar o gelo ou calor?

Coloque gelo em um saco de plástico, envolva-o em uma toalha úmida e aplique na região durante mais ou menos 20 minutos. É prudente observar a presença de possíveis reações alérgicas ou queimaduras que podem ocorrer em peles muito sensíveis. As queimaduras podem ocorrer sem que o paciente perceba visto que o gelo provoca anestesia transitória da área de aplicação. Caso isso ocorra, o seu uso deve ser imediatamente interrompido.

Da mesma forma que o gelo, o calor deve ser aplicado durante mais ou menos 20 minutos envolto em toalha úmida.

O uso do gelo ou do calor deve ser feito em posição cômoda para o paciente.

Por Mariana Caldeira P. S. Leal, PT – 20/10/2007

Referências
Howe, D. K. Hot And Cold – for lower back pain. American Fitness 2001;Sept.
French, Simon D. MPH, BAppSc(Chiro)*; Cameron, Melainie PhD, BAppSc(Osteo), MHSc(Research)†; Walker, Bruce F. DC, MPH, DrPH‡; Reggars, John W. DC, MChiroSc; Esterman, Adrian J. PhD, AStat, DLSHTM§ A Cochrane Review of Superficial Heat or Cold for Low Back Pain [Cochrane Collaboration]