(31) 3222 7587 . 3347 4007 . 3245 2122 Rua Padre Rolim, 815 Sala 107
Santa Efigênia . Belo Horizonte . MG

Dicas

As crianças e as mochilas

Uma pesquisa da acadêmia americana de pediatria constatou que as mochilas são as vilãs em 60% dos casos de crianças com problemas nas costas e nosb ombros.

Carregar mochila de forma errada e com excesso de peso pode torna-la um fardo que continuará pesando na vida do adulto. Problemas de postura como Lordose, Cifose e Escoliose são os principais associados do mau uso.”Em casos extremos esses desvios podem provocar uma deformidade” diz o médico Henrique Sodré, do departamento de ortopedia pediatrica da Universidade federal de São Paulo. Algumas regras ajudam a evitar dores.

  • Malas com rodinhas: são uma alternativa adequada, Desde que na altura certa para que a criança não precise se abaixar para puxa-las.
  • Alças acolchoadas e anatômicas: Evitam lesões nos ombros.
  • Peso: no máximo, 10% do peso do estudante.
  • Posição: a bolsa deve ficar apoiada na região dorsal e nunca com as duas alças sobre o mesmo ombro. Não convém que o material fique concentrado de um lado só.
  • Cinturião abdominal: evita o atrito da bolsa com as costas e ajuda a manter a ditribuição correta do peso da mochilanos dois lados do corpo.
  • Poucos bolsos: mochilas grandes demais ou cheias de pequenos compartimentos tornam-se um incentivo a carregar material desnecessário.